17 abril 2019

Como usar a Técnica Pomodoro para ser mais produtivo – 3 passos simples!

17 abril 2019

Imagine a seguinte situação:


Você chega da escola e tem uma tarefa importante para fazer, mas, se sente cansado e deixa para depois. Então, você usa seu tempo para navegar na internet. Entra e sai de todas as suas redes sociais, vê TV, maratona uma série e, quando percebe, o dia já se foi. 

Ao chegar à noite, lembra-se da sua tarefa escolar importante, porém, acha ela tão chata que prefere começar mais tarde. No fim da noite você percebe quão tarde está e tenta fazer tudo o que não fez durante o dia todo, fica desesperado por não saber por onde começar, percebe que não vai dar tempo e que, já não está rendendo nada, pois precisa dormir. 

No dia seguinte, tudo se repete, e gera um círculo vicioso.

Isso acontece por causa da procrastinação. Você sabe o que deve ser feito, mas não faz por falta de interesse ou porque vai levar muito tempo. Mas acaba fazendo de qualquer jeito, sem nenhuma atenção, afinal, existem prazos.

Se você tem dificuldade de concentração, não consegue gerenciar seu tempo e sempre faz tudo de qualquer jeito, em cima da hora, só para não perder o prazo, neste post vou te mostrar como usar a Técnica Pomodoro de forma eficaz, trabalhando em harmonia com o tempo e não correndo contra ele.


Como usar a Técnica Pomodoro



Como usar a Técnica Pomodoro em 3 passos simples!


O que é a Técnica Pomodoro? 

A Técnica Pomodoro é uma ferramenta simples de gerenciamento de tempo que foi desenvolvida pelo italiano Francesco Cirillo no final dos anos 80, quando ele percebeu que tinha dificuldade de concentração e buscava aumentar sua produtividade na faculdade.

Para isso, ele utilizou um timer de cozinha, e se desafiou a ficar totalmente focado em uma tarefa, sem interrupções, até que o tempo programado acabasse. 

O timer utilizado tinha o formato de um tomate, que é pomodoro em italiano, por isso a técnica leva esse nome.

O desafio deu certo! 

Ele conseguiu focar em seus estudos pelo tempo determinado e finalizar as tarefas que tanto enrolava e tinha dificuldade para fazer.

Ao perceber os resultados positivos, Francesco divulgou a técnica em 1992.

Como funciona a Técnica Pomodoro?




A técnica parte da ideia de dividir uma tarefa em sessões de trabalho e pausas, de modo que você não passe horas seguidas trabalhando na mesma tarefa, evitando o cansaço que, por sua vez, causa a falta de concentração.



Essas sessões são chamadas de pomodoros.


No método original, cada pomodoro tem a duração de 25 minutos, o que significa que durante esse tempo o foco e a concentração estarão em uma única tarefa. Ao final de cada pomodoro, é feita uma pausa de 5 minutos antes que se inicie a próxima sessão.

Após 4 pomodoros concluídos, entre sessão de trabalho e pausas, é feita uma pausa longa que pode variar de 15 a 30 minutos, fica a seu critério. Isso significa que 1 ciclo pomodoro foi concluído.

Veja um exemplo de como funciona as sessões:

1° pomodoro – 5 minutos - 2° pomodoro – 5 minutos - 3° pomodoro – 5 minutos - 4° pomodoro – 20 minutos. 

Vale lembrar que o tempo das sessões são apenas sugestões do desenvolvedor, e que pode ser adaptado de acordo com as suas necessidades, rotina e dimensão da tarefa a ser realizada. Apenas mantenha a linha de trabalho e pausa.

Eu uso o método original, funciona muito bem comigo, tanto em sessões de estudo como em sessões de trabalho. Minha pausa longa dura 20 minutos.

Essa técnica ajuda a criar a disciplina de concluir a atividade no tempo estipulado. É ideal para estudantes e para quem trabalha em casa.

Quais são os passos para usar a técnica?



Agora que você já sabe como funciona a técnica pomodoro, vamos a um simples passo a passo de como utilizá-la no seu dia a dia.




Antes de iniciar a sua sessão de estudo ou trabalho, separe uma folha para anotar possíveis tarefas ou ideias que você se lembrar durante um pomodoro, assim não vai interromper sua sessão com distrações.


1° passo: Defina uma tarefa a ser realizada


Comece apenas com uma tarefa. Tenha calma e respeite seu tempo e processo de adaptação à técnica.

Pode ser estudar um capítulo de um livro, realizar uma pesquisa, escrever um artigo, fazer um trabalho escolar, responder e-mails, qualquer tarefa que demande a sua concentração.

Com o tempo, quando estiver mais habituado, você poderá fazer listas de atividades e determinar os pomodoros a ser utilizados em cada uma delas.

+Dica: para ficar ainda mais fácil, divida seu trabalho escolar em etapas. Como, por exemplo: pesquisar, estudar, escrever, digitar, revisar, imprimir. E determine pomodoros para cada uma delas.


2° passo: Inicie sua sessão


Foque os próximos 25 minutos na tarefa escolhida. Você entrará em pomodoro!

Você pode utilizar o temporizador ou alarme do seu celular, programando-os para 25 minutos. Mas também existem aplicativos simples e timer online que fazem um bom trabalho. Eu uso o aplicativo Brain Focus Productivity Timer para Android.

Tenha a sua tarefa escrita em uma folha de papel e desenhe quadrinhos ao lado dela, a cada pomodoro concluído faça um “X” em um quadrinho. Ao ver os quadrinhos sendo marcados, você vai se motivar cada vez mais a não perder o foco.

Use a folha que você separou no início para anotar qualquer outra tarefa que precisa ser feita. E faça apenas depois, sem interromper a sua sessão.

Observação: Não necessariamente uma tarefa vai precisar apenas de 1 ciclo pomodoro, esse tempo pode variar para mais ou para menos. 

3° passo: Hora da pausa!




Ao final de cada pomodoro você deve dar uma pausa de 5 minutos.




Não ignore as pausas! Elas são importantes para descansar o cérebro e manter sua concentração e rendimento quando retornar as atividades. 

Mas, se estiver muito focado no momento em que a pausa acontecer, continue estudando ou trabalhando, para não quebrar a sua linha de raciocínio, e dobre o tempo da pausa seguinte.

As sessões entre trabalho e pausa devem ser proporcionais. Por exemplo, se você trabalhar por 50 minutos, deverá descansar 10.

Use a pausa para caminhar um pouco, beber água, ir ao banheiro, tomar um café, tirar o lixo. O importante é fazer algo que não esteja relacionado à sua tarefa principal e que não exija esforço.

O ideal é não iniciar outras atividades que duram mais que 5 minutos, pois assim você vai comprometer o seu andamento no pomodoro. 

+Dica: mantenha seu timer/celular perto de você durante a pausa para ouvir quando for a hora de voltar à sua sessão.

Por que você deve usar essa técnica?


Essa técnica ajuda você a não procrastinar e não se sentir frustrado no final do dia. Pelo contrário, ela vai te deixar feliz e com a sensação de dever cumprido após ter realizado todas as suas tarefas em um tempo ágil e de maneira organizada.

Você se sente motivado, porque sabe que, ao final daquele tempo, vai ter acabado a tarefa que tanto enrolou para fazer - só depende de você!

Não se empolgue!



Não liste mais tarefas do que você realmente pode realizar. É normal se animar e pensar que vai dar conta de tudo em um só dia. No começo, isso não vai ser possível e você só vai se decepcionar se não conseguir.



Comece pelas tarefas mais importantes, urgentes, com prazos, que não podem ser adiadas, ou que estão acumuladas há muito tempo.



Registre seu desempenho 



É importante registrar o seu desempenho. No começo, você não sabe quantos pomodoros deve utilizar para concluir uma determinada tarefa. 




Faça um relatório, contendo, por exemplo, a quantidade de pomodoros que utiliza para cada tipo de tarefa e qual o tempo de pausa ideal, se há distrações no meio do pomodoro e qual o motivo dessas distrações, se acha que as tarefas poderiam ser realizadas em menos tempo. 


Enfim, registre tudo!

Isso facilita a definição de futuros pomodoros. E, antes mesmo de iniciar uma tarefa, você já vai saber quanto tempo ficará trabalhando nela. Otimizando seu tempo e aproveitando o dia!

Se você finalizar sua tarefa quando o tempo do pomodoro ainda não estiver concluído, você pode interromper e colocar isso no seu registro. Isso vai ajudar na análise futura do seu desempenho.


Como usar a Técnica Pomodoro

Para finalizar o passo a passo de como usar a Técnica Pomodoro...



Ao usar a técnica pomodoro você, com certeza, será mais produtivo!



Mas ela não vai fazer milagres acontecerem. A iniciativa e disciplina tem que partir de você!



Apesar de ser um método que auxilia a manter o foco, a maioria das pessoas não possuem um ambiente de estudo ou trabalho adequado que colabore com o seu desempenho.

A casa cheia, pessoas que falam alto, criança chorando, barulhos externos e tantos outros fatores que faz você pensar em desistir. 

Mas é preciso ignorar e continuar o seu trabalho.

Portanto, cabe a você criar seu ambiente, concentrar-se nas atividades e aprender a lidar com esses empecilhos.

Você pode pedir, gentilmente, que as pessoas colaborem, não façam barulho e evitem ficar passando no ambiente em que você está, pois você precisa se concentrar no que está fazendo. 

Com um tempo, elas vão começar a cooperar e respeitar o seu momento. Apenas continue fazendo a sua parte!

Na produção desse post eu utilizei 16 pomodoros, 4 ciclos concluídos no total, entre sessões de trabalho e pausa.

E você, de quantos pomodoros precisa para decidir que agora é a hora de parar de procrastinar e ser mais produtivo?

Me conta o que você achou do post e se ele te ajudou em algo!

Me acompanhe no Pinterest: @amandaseveroblog
Siga o perfil do blog no Instagram: @amandaseveroblog
Também estou no Linkedin: Amanda Severo

8 comentários:

  1. Olá Amanda, tenho passado por esse processo e já recomecei muitas vezes. O teu post fez-me pensar e é mesmo disso que preciso. Vou começar hoje. Vou deixar o feedback. Obg

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Raquel, fico feliz em saber que meu post te fez refletir.

      Desejo que consiga bons resultados.

      Vou adorar saber sobre o seu desempenho. Aguardo o seu feedback!

      Abraços!

      Excluir
  2. Adorei as dicas, tudo bem explicadinho! Com certeza vou fazer!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Renata, obrigada por deixar o seu comentário.

      Certamente a técnica levará muitos benefícios para você.

      Um grande abraço e sucesso!

      Excluir
  3. Achei o maior barato...vou experimentar!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, fico feliz que tenha gostado. Você só terá benefícios!

      Se for possível, retorne aqui e deixe seu comentário contando como está sendo sua experiência com a técnica. Vou amar saber!

      Abraços!

      Excluir
  4. Muito interessante o seu blog, sobre esta matéria, óptima Técnica do Pomodoro.
    Já agora um conselho, como tenho que visitar o seu blog, sempre que tenho dúvidas sobre esta matéria uma vez que não se pode copiar. Faça-se um anti cópia ao Print Screen. Muito obrigado pelo excelente trabalho e do seu blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, muito obrigada pelo seu comentário. Fico muito feliz em saber que o conteúdo desse post foi útil para você!

      No meu Pinterest você encontra infográficos sobre a Técnica Pomodoro na pasta "Desenvolvimento Pessoal", você pode me acompanhar. Meu perfil está disponível no final do post se te interessar!

      Abraços!

      Excluir

Todos os direitos reservados © Desenvolvido por Lorena Alves